Nova Cartografia Social Da Amazônia

MOÇÃO DE APOIO


O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CARTOGRAFIA SOCIAL E POLÍTICA DA AMAZONIA (PPGCSPA) da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO (UEMA) vem, através desse documento, manifestar APOIO e SOLIDARIERDADE à reputada Casa do Maranhão que sofre ameaça de desalojamento de todo seu acervo e de desmonte de trabalhos de curadoria que vêm sendo realizados há mais de duas décadas e que incluem a organização de inúmeras exposições.

Ressaltamos que somente a Exposição “Saberes Tradicionais e Etnografia” está aberta ao público nesta Casa de Cultura desde 2016 cumprindo uma função pedagógica exemplar. Resultado de um trabalho de pesquisa de docentes e discentes desta Pós-Graduação, esta exposição reúne 13 coleções organizadas por curadores que são eles próprios, membros e representantes de diferentes povos e comunidades tradicionais da Amazônia e tem criado as condições de possibilidade para o exercício de um aprendizado ímpar a alunos do ensino fundamental e médio da cidade de São Luís, além de alcançar um público amplo e difuso que realiza visitações diárias à Casa do Maranhão; público esse integrado por turistas nacionais e estrangeiros que passam a ter acesso a saberes, práticas e elementos de auto representatividade que se constituem em um trabalho inovador, difícil de ser encontrado no campo da museologia contemporânea. De outra parte, o trabalho de pesquisa a qual esta Exposição está ligada tem resultado em inúmeras publicações acadêmicas, assim como vêm autorizando a elaboração de trabalhos monográficos e dissertativos de alunos da graduação e pós-graduação da UEMA. O desmonte desta Exposição “Saberes Tradicionais e Etnografia” trará prejuízos incalculáveis aos processos culturais em curso no Estado do Maranhão.

A interrupção deste trabalho que vem sendo realizado com acuro por funcionários e gestores da Casa do Maranhão acarreta, portanto, em danos que dificilmente serão reparados e, portanto, merecem nossa desaprovação.

 

Segue para download o documento completo: moção de apoio

Artigo anteriorPESQUISADOR DO PNCSA RECEBE PRÊMIO DE TESE PPGAS 2024