Nova Cartografia Social Da Amazônia

OBITUÁRIO DE JOĀO CÂNCIO DA SILVA PAULINO


Por Maria Alice da Silva Paulino Karapãna

João Câncio da Silva Paulino Karapãna nasceu em São Gabriel da Cachoeira, Amazonas, no dia 20 de outubro de 1961. Faleceu no dia 20 de maio de 2020, vítima de Covid-19.

O primeiro filho do Sr Manoel Paulino indígena Karapãna e dona Otília da Silva indígena Piratapuia.

Acompanhou o trabalho do seu Manoel Paulino na FUNAI, chegou a trabalhar na Funai, serviu no exército Brasileiro no 1º BIS, uma pessoa tranquila, trabalhadora, sempre disponível a ajudar seja quem fosse, falava pouco, brincalhão, conhecedor de várias fibras da mata para construção de barracão ou malocão, madeira, palhas, traçado, caçador, pescador, entre outros conhecimentos tradicionais que compartilhou com aldeia Kuanã-Rio Cuieiras, aldeia Santa Maria e aldeia Yupirungá. Foi uns dos arquitetos do museu Karapãna (Centro de Ciências e Saberes Karapãna) no Tarumã-Açú Manaus/AM. Um ser humano que não teve oportunidade de ter um velório digno e nem cuidado no hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz como cidadão indígena e sem o direito de escolher como queria o seu tratamento de forma natural sem ser entubado.

João Câncio à mesa em sua casa.

João Câncio na inauguração do Centro de Ciências e Saberes Karapãna do qual foi um dos arquitetos, em 26 de outubro de 2019.

Centro de Ciências e Saberes Karapãna, inaugurado em 26 de outubro de 2019, Aldeia Yupirungá, Tarumã-Açu, Manaus, Amazonas.

Joāo Câncio da Silva Paulino.

Enterro de Joāo Câncio da Silva Paulino na vala coletiva cemitério Nossa Senhora Aparecida, Manaus-AM, acompanhado por três de seus irmãos, enquanto seu pai continuava hospitalizado.

Artigo anteriorAssociação de Moradores do Quilombo Santo Antônio/Penalva/MA - Nota de pesar e de agradecimento ao Padre José Bráulio Souza Ayres Próximo artigoLançamento da revista do Programa de Pós Graduação em Cartografia Social e Política da Amazônia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)